Simulador de financiamento de veículos bv

0
644
Simulador de financiamento de veículos bv
Simulador de financiamento de veículos bv

Neste artigo você irá aprender tudo sobre Simulador de financiamento de veículos bv, são dicas exclusivas! Então, leia com atenção!

 

O sonho do carro novo é igualado ao sonho da casa própria.

Atualmente existem diversas ofertas de pequenas parcelas mensais que se tornam tentadoras e adquirir esse carro novo deixa de ser um sonho distante para se tornar uma realidade de consumo.

 

Mas o que será que está por trás das baixas taxas de juros?

Simulador de financiamento de veículos bv - como fazer

Vamos então aprender a fazer uma escolha inteligente ao financiar um carro?

Preparamos aqui então 5 dicas sobre Simulador de financiamento de veículos bv para lhe ajudar a fazer um bom negócio.

Veja aqui!

1.     Defina o valor que você pode investir no seu carro novo

 

A primeira dica para você ter sucesso ao financiar um carro é não fechar qualquer negócio precipitadamente. Se alguém lhe indicou um banco ou ouviu alguém dizer que tal banco tem ótimas taxas, não feche de cara, vá até o local e visite ainda mais de um local de venda e financiamento para que possa ter certeza sobre o melhor lugar para financiar o seu veículo.

As taxas e condições se moldam à sua realidade. Por isso, antes mesmo de decidir o modelo, é preciso que você defina o quanto quer investir para trocar e financiar um carro.

Lembre-se que é importante que o financiamento não comprometa mais de 30% da sua renda mensal.

  1. Carro novo ou usado?

É claro que, respondendo a essa pergunta de forma intuitiva, muitos vão preferir o carro 0 km, mas a decisão não pode ser baseada apenas no seu desejo. Ele precisa ser levado em conta, mas a sua realidade deve falar mais alto. As taxas para financiar um carro variam de banco para banco e mudam mensalmente.

Elas são determinadas por uma série de fatores, dentre eles o ano e o modelo do veículo, e a regra é simples: quanto mais novo o carro, menores serão as taxas adotadas no Simulador de financiamento de veículos bv. A categoria do veículo também influencia na variação das taxas de juros.

Os carros utilitários, como o Doblô, Kangoo, caminhões e outros costumam ter taxas maiores do que os de passeio, por isso fique atento e faça a melhor escolha.

E entenda que a realidade do financiamento é esta: os carros mais novos têm menores taxas porque representam menor risco de inadimplência para os bancos e financeiras, pois os riscos do veículo estragar e o cliente deixar de pagar o financiamento é menor em relação a modelos mais antigos.

Aprenda também sobre: Fazer emprestimo pessoal online agora

Ou seja, o que define as taxas que são praticadas, não é o produto em si, mas sim o risco que as instituições bancárias assumem.

3.     Aposte na entrada para financiar um carro

As taxas de financiamento do carro também oscilam e ficam menores ou maiores dependendo do valor que é dado de entrada. E essa não é a única vantagem de dar uma entrada maior: quanto mais você paga no ato da compra, mais poder de negociação tem para diminuir o valor das parcelas e do tempo de financiamento.

Funciona desta forma: se você está negociando um carro de R$ 60 mil, mas dá de entrada a metade do valor total, ou seja, R$ 30 mil, o seu financiamento pode diminuir até pela metade do tempo, as parcelas tendem a ficar bem mais leves e então podem caber no seu bolso com mais folga.

Logo o ideal é que você junto o valor de entrada tendo como base o veículo que deseja comprar e não caia na chamada da entrada zero, na verdade é uma grande furada, pois você pagará bem mais do que o valor que o carro realmente vale.

4.     Calcule o custo total do Simulador de financiamento de veículos bv

Sabe aquelas letrinhas pequenas no canto da propaganda, seja ela onde for?

Você precisa ter um grande cuidado com elas quando estiver pensando em financiar um carro.

Isso porque o que ganha foco nas propagandas de montadoras e concessionárias são as condições de pagamento atrativas, muitas vezes anunciadas como “taxa 0%”.

É outra pegadinha, semelhante à entrada zero. Pois existe ainda o Custo Efetivo da Operação, fora a taxa de juros propriamente dita.

Ele envolve uma série de cobranças, como tarifas, seguro, IOF, cadastro de crédito e outras. Além disso, atrás da “taxa 0%” podem se esconder regras como: entrada de 80% do valor do veículo, parcelamento em no máximo 24 vezes e por aí vai.

Não deixe de fazer as contas, pois o valor elevado sobrará para você e não para o vendedor.

Portanto, antes de comprar um carro levando em conta a propaganda de uma taxa de juros de 0,5%, por exemplo, veja se aquela oferecida por 1,5% não pode ser mais vantajosa por conta do cálculo do CET.

Leia também: Empréstimo consignado com FGTS

5.    Considere todos os custos do carro

Assim como a compra de qualquer bem durável a ser adquirido, você não deve se planejar apenas baseando-se nos custos que terá ao financiar um carro. Inclua no valor da prestação, os gastos com seguro, combustível, estacionamento e manutenção do veículo.

Assim, conseguirá fazer um bom negócio ao optar por financiar um carro, evita surpresas e não compromete o seu orçamento de forma exagerada.

 

Como bônus, vou deixar aqui um vídeo sobre financiamento de veículo, assista ao vídeo de Patricia Lages – Dicas de economia

Leia também: Emprestimo online para negativado assalariado

Emprestimo para Negativado Confiavel – Esclareça Suas Dúvidas

Emprestimo Para Negativado Assalariado – Descubra Suas Opções

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here